13.2.16

[Resenha #803] Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson @Novo_Conceito


Garotas de Vidro
A verdade nem sempre é o que enxergamos
Laurie Halse Anderson
ISBN-13: 9788581630113
ISBN-10: 8581630111
Ano: 2012
Páginas: 272
Editora: Novo Conceito
Skoob
Classificação: 5 estrelas

Sinopse:
Lia e Cassie são amigas há anos, ambas congeladas em seus corpos. No entanto, em uma manhã, Lia acorda com a notícia de que Cassie está morta, e as circunstâncias de sua morte ainda são um mistério. Não bastasse isso, Cassie tentara falar com Lia momentos antes, para pedir ajuda.
Lia tem de lidar com o pai, que é um renomado escritor, sua madrasta e a mãe, uma cardiologista que vive ocupada, salvando a vida dos outros. Contudo, seu maior tormento é a voz dentro de si mesma, que não a deixa se esquecer de manter o controle, continuar forte e perder mais, sempre perder mais, e pesar menos. Bem menos.



Garotas de Vidro é um livro bastante direto, com temas atuais, personagens bem trabalhados e sem nenhum tipo de fantasia. Então você não vai encontrar qualquer tipo de romance nesse livro, que posso dizer, é bem peculiar.

 
Através do livro nos acompanhamos a vida de Lia, ela era uma adolescente normal: tinha uma melhor amiga, uma vida invejável, era popular no colégio e tinha também uma família em crise. Mas tudo mudou quando ela e Cassandra, sua melhor amiga, fizeram uma aposta para ver quem ficaria a garota mais magra do colégio. Desde então, a vida de Lia é uma prisão onde tudo o que ela pode fazer é contar as calorias dos alimentos que come por dia e se ferir seu próprio corpo. E novamente, a vida de Lia sofre uma reviravolta quando Cassandra é encontrada morta em um quarto de motel, e o pior: ela ligou para Lia 33 vezes, mas ela não atendeu ao celular.






O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da Lia a partir da morte da Cassie. E desse jeito nos aprofundamos na atual vida de Lia, enquanto, dependendo de seu humor, passamos a descobrir mais sobre o conturbado passado da protagonista através de fragmentos das suas memórias. E com isso, o fantasma da morte de Cassie começa a tomar forma e a assombrar Lia.


Lia conta as calorias de tudo o que come e se permite a comer um determinado número de calorias por dia, e a autora mostra isso diretamente, mas vai escrevendo até não restar mais dúvidas do que Lia sente ao se olhar no espelho ou olhar para seu próprio corpo. Lia se corta para sentir dor, machuca a si própria para sentir “as coisas ruins” saindo de dentro dela. Quando toca seus braços, costelas, pernas entre outras partes do corpo, Lia sente apenas gordura, ela se sente uma gorda! Lia deseja comer uma tigela de cereal, saborear um pedaço de bolo ou encher a boca com um pouco de pizza, mas esse regime cruel ao qual ela vive a impede de fazer isso e como dito pela própria, ela é forte o bastante para resistir.




Garotas de Vidro é diferente de tudo o que já li antes, pude entrar na cabeça da própria protagonista e sentir o que ela estava sentindo, em alguns casos cheguei até a sentir piedade da protagonista e de tudo o que ela estava fazendo para si própria e para sua família, inclusive para sua meia-irmã Emma, que parece ser a única pessoa no mundo que ala ama. Fiquei bastante incomodado em algumas partes, perdi noites sem dormir tentando entrar mais na cabeça de Lia e entender o porquê de tudo aquilo. Não é um livro fácil de ser lido e uma coisa que me chamou atenção no livro foi o aspecto fantasioso de como Lia enxerga a vida e o fantasma de Cassie, no início eu pensei que eu já tinha matado a charada e descoberto o truque da autora, mas eu estava totalmente errado e o final me surpreendeu bastante e foi o suficiente para eu ficar na famosa “ressaca literária”.


O livro chega a ser sufocante e explícito. Foi a primeira obra que li da Laurie Halse Anderson e creio que não poderia ter tido o primeiro contato com a autora de outra forma. Me apaixonei por Garotas de Vidro, que por sinal passou a ser um dos meus livros favoritos e lhe garanto, por mais difícil que possa ser a leitura desta obra, vale a pena você ler todas as palavras desse livro.

15 comentários

  1. Oi, tudo bem?
    Eu já li esse livro e adorei!!! ;D

    Blog da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Quando puder reler, leia! rsrssrsrssrsrs

      Excluir
  2. Sem palavras para descrever sua resenha tão apaixonante. Se nunca tinha dado valor ao livro agora consigo enxergar com outros olhos! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nádya! Quando puder ler o livro, não hesite!
      Abraços!

      Excluir
  3. Olá Wagner,

    O livro é muito bom, mas achei a leitura um pouco cansativa, mas vale a leitura.....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marco, no início é bem paradinho sim, mas depois que você passa a entender o que acontece com Lia, a estória fica emocionante!

      Excluir
  4. Eu sou louca pra ler esse livro! São tantas resenhas boas e comentários bons que acabei ficando muito curiosa e acredito que vale a pena mesmo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena ler esse livro Luana! Quando puder leia! rsrsrssr

      Excluir
  5. Tenho muita vontade de ler esse livro, faz um tempo que está na minha lista de desejados, a resenha só aumentou minha vontade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Thaise, quando puder ler o livro, leia e se apaixone assim como eu! ☺

      Excluir
  6. Oi Wagner!

    Cara, eu li esse livro quando eu tinha uns 17 anos (falou a velha) e ele mexeu demais comigo. O sofrimento de Lia é grande demais, e é muito difícil acreditar que doenças como essas realmente existem e o pior: elas realmente existem e podem acabar com a pessoa. Muito legal mesmo você ter gostado do livro a ponto de ele se tornar um favorito. Acho que ele é uma verdadeira lição de moral.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma verdadeira lição mesmo! Na maioria das vezes nós não damos muita atenção a diversos problemas que são bastantes prejudiciais!
      Abraços!

      Excluir
  7. Meninoooo, eu já era louca pra ler esse livro, mas, depois de ler sua resenha, minha vontade aumentou mais ainda.
    Não vejo a hora de entrar na mente da Lia.
    Amei a resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Priscila!
      Leia mesmo, a história da Lia é muito intrigante e perturbadora, mas no fim das contas você se surpreende pelas coisas boas que ela faz!
      Abraço!

      Excluir

© BLOG ROTINA AGRIDOCE- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS