16.3.16

[Resenha #835] A Morte de Sarai - J.A. Redmerski @Suma_BR @JRedmerski


A Morte de Sarai
Na Companhia de Assassinos # 1
J.A. Redmerski
ISBN-13: 9788581052571
ISBN-10: 8581052576
Ano: 2015
Páginas: 255
Editora: Suma de Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva


Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte.
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Em “A Morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.



Sarai teve sua vida mudada aos 14 anos. Sua mãe é uma drogada e começa um relacionamento com Javier, que é um traficante de drogas e mulheres. Javier se apaixonou por Sarai e por isso "dava o melhor" para a garota na fortaleza onde ela ficava com varias garotas que eram exploradas. Nove anos depois surge sua primeira e talvez sua ultima oportunidade de fugir daquele lugar e recomeçar a vida que foi roubada de Sarai e é então que Victor aparece, e não é como príncipe e sim como um assassino sangrento e sem coração.  



"Sei por que ele não está se mexendo. Sei por que a arma está na mão dele, e não escondida na parte de trás da calça. Se a mulher vai viver ou morrer, é uma escolha totalmente minha."



Sarai entra escondida no carro de Victor e espera por sua chance de fugir com ajuda do primeiro americano que ela viu em anos, porém ele não se importa com nada e nem ninguém mas a inocência que atravessa os olhos da mocinha é gritante e com muita luta ela consegui ajuda. Victor foi recrutado pela a Ordem ainda criança e foi moldado para ser o melhor assassino e Sarai perdeu a noção do que é normal. Ela não responde ao medo da mesma forma que uma pessoa normal responde. Ela não consegui ver problema em ter sua vida em risco e é totalmente compreensivo já que ela presenciou mortes, estupros, mutilações e muita coisa ruim no lugar onde era prisioneira.  



"Deixo a cabeça cair para o lado, sentindo a dor da derrota. Não consigo mais olhar para ele. Não por raiva, odio ou vingança, mas por vergonha. Não consigo olhar um assassino nos olhos porque não só sou melhor do que ele; é possível que eu seja pior." 







Javier é doentio e quer sua amada de volta ou morta por que ela tem informações privilegiadas e é um risco para seus negócios e de varias outras pessoas, Victor quer tentar ajuda-la a ser quem era quando ela tinha apensa 14 anos e só queria ir pra faculdade e cuidar da própria vida. E com os acontecimentos de nove anos, ela não consegui se ver em uma vida normal, fazer coisas normais. E Victor vai protege-la até o ultimo momento juntos. 



"Segurando-a junto ao peito, eu a carrego através de morte e destruição para fora da casa. Ela não fala, mas se agarra a mim como se morresse de medo de que eu fosse derrubá-la. Ou, talvez, medo de que eu a solte intencionalmente." 


" - Sarai, escute com atenção - diz ele - Se escolher ir comigo, saiba que pode morrer. Vou fazer todo o possível para manter você a salvo, mas isso não é uma garantia. Por mais que você confie em mim, nunca, sob qualquer circunstância, deve confiar totalmente em alguém. No final, você só pode confiar em si mesma. Eu não sou seu herói." 



Pra quem espera um romance fofo esse livro está longe disso, porém tem sim alguns momentos picantes e onde podemos ver algo começando. Quando vi o lançamento pensei que seria um livro meloso igual a série Entre o agora e o nunca e não é que fui pega de surpresa?! É um livro emocionante, sangrento e cheio de altos e baixos. É uma leitura muito boa, narrado pelos dois protagonistas e que me deixou com o coração na mão. Sarai é uma protagonista diferente, com um passado muito pesado e dolorido.  


 O trabalho da editora com a edição é lindo, a capa é uma das mais bonitas que já vi! A diagramação está ótima e o livro tem folhas amareladas e o tamanho da fonte é bom. Recomendo a leitura e estou ansiosa para ler a continuação.



6 comentários

  1. Nossa, eu quero muito ler esse livro. Minha amiga leu e adorou tbm.

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hey, Luana!
    Adorei a sua resenha!
    Tô com esse livro aqui pra ler já faz um tempo mas sempre acabo passando outras leituras na frente. Vou refazer minha lista de leitura e dar uma priorizada nela, rs.

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    Pausa Para Pitacos | Participe do TOP COMENTARISTA | Promoção PQ SIM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!
      Priorize mesmo, é uma leitura muito boa e bem diferente dos outros livros da Autora.
      Beijos

      Excluir
  3. Nossa! esse livro parece ser muito bom, a história parece bem intensa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito intensa mesmo!
      Leia, recomendo muito.

      Excluir

© BLOG ROTINA AGRIDOCE- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS