14.4.16

[Resenha #859] À Flor da Pele - Helena Hunting @Suma_BR @HelenaHunting



À Flor da Pele
À Flor da Pele # 1
Helena Hunting
ISBN-13: 9788581052885
ISBN-10: 8581052886
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Suma de Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva


Tudo na tímida Tenley Page intriga o tatuador Hayden Stryker de um modo que ninguém jamais conseguiu: do cabelo longo e esvoaçante com aroma de baunilha até a curva suave do quadril... E o interesse dele só aumenta quando ela pede que ele tatue um desenho incomum em suas costas.
Com seu jeito durão, Hayden é tudo que Tenley nunca se atreveu a desejar. A química entre os dois é instantânea e desperta nela o desejo de explorar o corpo escultural que há por baixo de tantas tatuagens. Traumatizada por um passado trágico, Tenley vê em Hayden a chance de um recomeço. No entanto, o que ela não sabe é que ele também tem segredos que o impedem de manter um relacionamento por muito tempo.
Quando os dois mergulham em uma relação excitante e enfim passam a confiar um no outro, lembranças e problemas batem à porta — e talvez nem mesmo a paixão entre eles seja capaz de fazê-los superar seus traumas.


Resenha:

Sabe aquele livro que você vai com altas expectativas e ainda sim é surpreendida? À Flor da Pele é um deles! Hayden e Tenley são jovens e já passaram por tantas coisas e ainda sim tentam buscar o melhor dentro das possibilidades que são dadas.

Tenley resolveu sair de sua cidade natal e ir morar em Chicago, longe de todas as memorias boas e ruins, longe do lugar onde nasceu e de onde sua família está morta – calma gente, isso não é spoiler já que descobrimos isso no início. -  Ela resolveu fazer seu mestrado e está trabalhando duro nisso apesar de seu orientador tentar arruinar suas ideias. Tenley se isola de tudo e de todos porém deseja afeto, deseja ter amigos novamente com quem se importar e é então que surge Hayden.


“Os cabelos de Tenley esvoaçaram quando ela se virou. O aroma de baunilha se dissipou quando ela virou a esquina, deixando um cheiro de cupcakes no ar.”

Hayden também sabe o que é a perda, sabe principalmente como é perder os pais. Ele é um tatuador e usa sua arte pra expressar sua dor. Sua loja fica de frente pra cafeteria de sua tia Cassie que é onde Tenley trabalha. Eles se conhecem na hora do café já que ele é um viciado em cafeína. Inked Armor é a loja de Hayden, Jamie e Chris, eles se juntaram pra abrir seu próprio negócio depois de perceber que Damen era um cara e chefe totalmente errado que gostava de viciar os próprios funcionários e de deixar Hayden na pior.


“Ela estava enroscada com força por cima das cobertas, seus cabelos escuros espalhados sobre o lençol amarrotado. Parecia muito frágil daquele jeito; seu corpo tremia, as mãos cobriam a cabeça enquanto ela gritava; gemidos agudos que faziam meus ouvidos e meu peito doerem. Eu me lembrei de como os pesadelos podem ser terríveis.”

Tenley se torna amiga de Lisa – namorado de Jamie que também trabalha no Inked Armor – e começa a frequentar mais o local e onde sua química, desejo e fogo começam aparecer. Hayden não tem medo de demonstrar como se senti atraído por ela, tem medo que ela possa sumir por perceber e saber que ela tem um passado tão passado e triste quanto o dele mas isso não impede que ele possa chegar cada vez mais perto e ela aceita por quê também senti aquela ligação, também senti aquele desejo e quer voltar a ser pelo menos um pouco daquilo que foi um dia.


“Eu estava com fome. E não era de comida. Privada de contato humano e físico, eu estava definhando. Até que Hayden me beijou. Aquilo mudou tudo.”

É perceptível que o amor começa a surgir mas toda a carga emocional e a culpa assombram Tenley, ela decidi fazer uma tatuagem em suas costas... assas pra representar todas as pessoas que morrem no acidente e que ela se senti culpada. A forma que eles se ajudam é comovente, é bonito e triste. Ambos começam a falar sobre o passado mas não querem falar das partes mais obscuras já que têm medo de um desistir do outro.


“Sua dor e angustia se espalharam pela minha camisa à medida que a tempestade dentro dela crescia e explodia. Aquilo seria previsível. Colocar tanta tina na pele dela faria feridas antigas doerem como se fossem novas.”



No início achei a escrita um pouco cansativa mas logo peguei o ritmo, Helena Hunting escreveu uma linda história com vários pontos fortes.  É um livro difícil de se falar já que traz tantos sentimentos. A editora fez um ótimo trabalho com a diagramação! E essa capa? Belíssima, é uma das mais bonitas da minha estante. Recomendo a leitura e espero que gostem tanto quanto eu. 




Lembrando que temos em ebook o conto Doce Tatuagem que é uma introdução onde fala sobre a vida dos protagonistas antes deste livro e que a Suma já lançou Marcados Para Sempre, quem está ansiosa? Eu!!


“Entendi melhor o desprezo de Hayden pelas regras, já que elas não o ajudaram em nada. Por quanto tempo ele tentou expulsar as emoções dolorosas que devoravam de dentro pra fora? Sua armadura de tinta e aço o protegia, mantinha a maioria das pessoas a distância. Conhecer o homem por baixo dela jamais seria fácil. E mesmo assim, ali estava ele, se abrindo pra mim, esperando que eu fizesse o mesmo. Éramos escravos da culpa que carregávamos. O estrago era muito profundo, nos dois lados. Eu temia que jamais conseguíssemos achar um meio-termo onde encontrássemos a libertação de nossos passados.”

6 comentários

  1. Adorei, um livro que eu li,reli enumeras vezes e não me canso

    ResponderExcluir
  2. Vou ler ele depois dessa resenha. Obrigada Luana.

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Fiquei super curiosa para ler.
    Parece ser interessante.
    Beijoss!!

    ResponderExcluir

© BLOG ROTINA AGRIDOCE- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS