19.12.17

[Resenha #1376] A Dieta da Mente - Dr. David Perlmutter @EditoraParalela


A Dieta da Mente
A surpreendente verdade sobre o glúten e os carboidratos - os assassinos silenciosos do seu cérebro
Dr. David Perlmutter
ISBN-13: 9788565530606
ISBN-10: 8565530604
Ano: 2014
Páginas: 344
Idioma: português 
Editora: Paralela
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse: Em A Dieta da Mente, David Perlmutter apresenta uma descoberta que há muito tempo tem sido escondida pela literatura médica: os carboidratos podem destruir seu cérebro. Até mesmo aqueles considerados saudáveis, como grãos integrais, podem causar demência, déficit de atenção, epilepsia, ansiedade, enxaquecas, depressão, redução da libido e muito mais.
Inovador e oportuno, A Dieta da Mente mostra que o destino do seu cérebro não está na sua genética. Está naquilo que você come. O marco de qualquer condição degenerativa, inclusive os transtornos cerebrais, são os processos inflamatórios, que podem ser desencadeados pelos carboidratos, sobretudo os que contém glúten ou são ricos em açúcar.
David Perlmutter explica por que uma dieta rica em “gorduras boas” é ideal para o corpo e como estimular a regeneração neuronal em qualquer idade. O revolucionário programa de quatro semanas proposto neste livro aponta o caminho para se manter o cérebro saudável, vibrante e aguçado – sem medicamentos. Com recomendações fáceis a seguir, receitas deliciosas e metas semanais, o plano de ação de Perlmutter lhe ajudará a pôr em pratica um novo estilo de vida.
Misturando pesquisas de ponta, histórias reais de transformação e conselhos práticos e acessíveis, A Dieta da Mente prova que você pode assumir o controle de seus genes, recuperar o bem-estar e manter a saúde e a vitalidade por toda a vida.



Resenha:

Em "A Dieta da Mente", o neurologista e nutricionista americano David Perlmutter, nos conta que os carboidratos, principalmente aqueles que são encontrados em alimentos que possuem glúten, além de provocam o aumento do peso, também mata o cérebro lentamente. E o autor considera que até os grãos integrais, tidos como saudáveis, e seus derivados como vilões, determina um alto consumo de gorduras e libera a ingestão de alimentos ricos em colesterol. A proposta de dieta do autor é a dieta do período Paleolítico, com um cardápio composto por 75% de gorduras, 20% de proteínas e 5% de carboidratos. Para David Perlmutter, os problemas como depressão, doenças degenerativas como o Alzheimer e até enxaqueca são resultados do potencial inflamatório de bebidas e alimentos com glúten como cerveja, pães, bolos e biscoitos.
"Cerca de 99% das pessoas que atendo têm sistemas imunológicos que reagem negativamente ao glúten e elas nem sequer sabem disso. O dr. Hadjivassiliou afirma ainda que “a sensibilidade ao glúten pode ser primordialmente, e às vezes exclusivamente, uma doença neurológica”. Em outras palavras, quem tem sensibilidade ao glúten pode ter problemas nas funções cerebrais sem ter nenhum tipo de problema gastrointestinal. Por essa razão, ele testa a sensibilidade ao glúten em todos os pacientes que têm transtornos neurológicos inexplicáveis."
Os carboidratos, que são açúcares, estão associados ao surgimento de distúrbios cognitivos. E, baseando-se no fato de que pessoas com diabetes do tipo 2 possuem maiores chances de desenvolver a doença de Alzheimer, David Perlmutter diz que o problema é uma nova espécie de diabetes, devido à relação que se atribui entre o distúrbio e os carboidratos.

No livro é relatado muitos casos de significativa melhora de doenças neurológicas quando se retira o glúten da alimentação. 
"Se os cigarros não tivessem sido inventados, o câncer pulmonar seria uma doença rara. Da mesma forma, se nossas dietas não fossem tão ricas em carboidratos, a obesidade seria uma condição rara. Eu iria um passo além e diria que outras condições também seriam incomuns, inclusive o diabetes, as doenças cardíacas, a demência e o câncer."
Também é mencionado a importância de se dormir bem, pois é importante manter hábitos regulares de sono, alimentar-se em horários regulares e jantar três horas antes de se deitar, também ter cuidado com as comidas difíceis de serem digeridas à noite, etc, entre outros conselhos. 

O livro também nos apresenta com algumas opções de cardápio para as refeições do dia a dia, como por exemplo, Sopa de brócolis com creme de castanha de caju, Sardinhas grelhadas com tomate, rúcula e queijo, Frango ao vinagrete de mostarda, Salada de rúcula ao limão com queijo parmesão  entre outras. 

David também recomendo fazer jejuns com duração de 24 a 72 horas e consumir suplementos como cúrcuma, ácido alfa-lipóico, DHA, resveratrol, vitamina D, probióticos e óleo de coco como maneira de auxiliar a melhoria das funções cerebrais.

A Dieta da Mente  é um livro muito rico e completo que irá beneficiar quem está a procura de uma vida mais saudável. Recomendo. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG ROTINA AGRIDOCE- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS