5.5.19

[Resenha #1671] Um Estranho Irresistível - Lisa Kleypas @EditoraArqueiro


Um Estranho Irresistível
Os Ravenels # 4
Lisa Kleypas
ISBN-13: 9788580419283
ISBN-10: 858041928X
Ano: 2019
Páginas: 304
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Amazon
SINOPSE:
A autora de best-sellers do The New York Times, Lisa Kleypas, lança o conto de uma jovem de beleza não convencional que encontra em um espião uma irresistível paixão.
Uma mulher que desafia seu tempo.
Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente.
Um homem que quebra todas as regras.
Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu.



RESENHA:

Em Um Estranho Irresistível, da autora Lisa Kleypas, somos transportados para a Londres de 1876. Num verão em que as noites guardam segredos, conhecemos Garrett Gibson, a única médica em toda a Inglaterra treinada na arte da luta com bastão. Em uma visita semanal à enfermaria do abrigo para necessitados, Garrett é atacada por três homens, mas só consegue se defender com uma ajudinha de Ethan Ransom, investigador da Scotland Yard, um conhecido, mas ainda estranho. E é com essa ajuda para derrotar homens com péssima índole que os dois começam a reforçar alguns laços. 
"Garrett Gibson era feita de luz do sol e aço, tecida em uma substância que ele nunca encontrara antes."

"Não sou uma garotinha boba e carente. Prefiro acreditar que sou uma pessoa com ideais mais elevados."

"O amor não é algo que podemos nos dar ao luxo de não experimentar."

"Você é muito boa em escutar as pessoas, minha jovem amiga. Mas nem de longe é tão boa em escutar a si mesma."

Só que nem tudo são flores na vida das pessoas que se relacionam de alguma forma com um Ravenel. Ethan está ligado diretamente a algumas conspirações, atentados e uma rede de mentiras envolvendo a política e a economia inglesa e, a partir do momento em que Garrett entra em sua vida, ela está automaticamente inserida em todos os esquemas de seu trabalho. Assim, o que era uma vida apenas cuidando de pacientes e convencendo a sociedade de seus talentos, acaba se tornando uma montanha-russa de emoções nunca antes sentidas... envolvendo também, com toda a certeza, os olhos azuis de Ethan. 
"Sou independente, tenho opinião própria, vivo dando ordens. Tenho zero delicadeza feminina."

"As cicatrizes que a alma de Ethan havia usado como armadura se dissolviam ao toque de Garrett."

"Quando você encontra o homem certo, a lista de coisas que nunca faria de repente fica bem mais curta."

"As pessoas sempre dirão que nossos sonhos são impossíveis. Mas isso não pode nos impedir."

"(...) enquanto eu estiver nessa terra, vou querer estar onde você estiver."

"A vida que ela escolhera demandava a obrigação de demonstrar eternamente do que uma mulher era capaz, o que era e o que poderia ser."

"Não sou uma donzela indefesa que precisa ser mantida em uma torre, Ethan."

"Nenhum homem que muda de valores como quem muda de roupa deveria ter qualquer poder sobre a vida dos outros."

Um Estranho Irresistível é o quarto volume da série Os Revenels, mas pode ser lido separadamente das outras histórias. Lisa continua cativando a gente com seus personagens e, desta vez, alguns já conhecidos retornam e oferecem uma sensação muito gostosa de nostalgia para o enredo. Por conta de alguns diálogos, fica nas entrelinhas que West Ravenel, o queridinho de grande parte dos leitores, finalmente terá o seu momento no próximo livro. Assim espero, pois estou inserida no grupo que o acha o melhor personagem da série, com um desenvolvimento notável e que precisa urgentemente ter o seu final feliz como os outros Ravenels. 

A história é narrada em terceira pessoa em grande parte pelo casal protagonista. Lisa intercala cada capítulo e, por conta dos pontos de vista diferenciados, temos uma ampla visão do que está acontecendo. A escrita, desta vez, é objetiva, mas traz alguns empecilhos pelo caminho. Por exemplo, termos médicos e aparelhagens envolvendo fechaduras que podem dificultar um pouco a leitura. Mas, ao invés de ser um ponto totalmente negativo, temos aqui o contrário. Todo o vocabulário usado pela autora nesses momentos apenas demonstra a grande pesquisa que existiu por trás da história. 

Infelizmente, não fiquei totalmente entregue ao enredo. O romance é o ponto forte, a química entre Garrett e Ethan é de outro mundo, apesar das cenas explícitas que sempre me deixam com um pé atrás em romances de época. Mas toda essa questão de espionagem foi introduzida de forma bem complicada no livro anterior e aqui, mais uma vez, Lisa não fez muita coisa para mudar a minha opinião, e continuei sem ser conquistada por esse mundo. Achei os momentos ligados ao cotidiano de Ethan bem chatos e, odeio dizer isso, deu até vontade de pular algumas páginas.

Como mencionei antes, os personagens são brilhantes e cativantes. Garrett, segundo a própria autora, é inspirada em uma mulher que existiu, o que traz um realismo bem acolhedor para a história. Ela é destemida e, mesmo sem compreender, já luta pelos direitos de igualdade. Muitas vezes a personagem cala a boca de um personagem homem e, consequentemente, da sociedade. Garrett não é uma mocinha indefesa, é corajosa, sabe o que deve fazer e não se deixa abalar pelos infortúnios da vida. Seus momentos cuidando, prescrevendo e agindo profissionalmente estão na minha lista de favoritos. 

Ethan, como os outros Ravenels, é um colírio para os nossos olhos, mas foi o seu passado que mais chamou a minha atenção. Diferente de uma vida na libertinagem e usufruindo da linhagem, Ethan passou por uns péssimos momentos na infância, momentos que moldaram a forma como ele encara os Ravenels e suas decisões envolvendo a espionagem. O personagem é um prato cheio para os leitores que estão em busca de um protagonista masculino que é muito mais do que apenas um rostinho bonito. 

Um Estranho Irresistível é a continuação que ninguém imaginava, mas todos precisavam. Se você gosta de romances de época, então dê uma chance para o quarto volume da série Os Ravenels, a escrita deliciosa de Lisa Kleypas e o romance cativante de Garrett e Ethan.



Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG ROTINA AGRIDOCE- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS